Uma rotina organizada é a base para conquistar um novo objetivo. Você já parou para pensar sobre como isso pode influenciar os seus estudos?

Confira o artigo a seguir para saber mais sobre a análise de rotina e como ela pode se tornar uma aliada para que você obtenha sucesso nos seus objetivos de carreira como veterinário(a).

No que consiste uma análise de rotina?

Essa análise tem o objetivo de promover um melhoramento contínuo em sua rotina, visando aprimorar sua organização, disciplina, tomadas de decisão, definição de novas metas e limites a serem seguidos.

Após algum tempo fazendo este exercício, você perceberá que em determinado momento todas suas tarefas estarão fluindo nos momentos certos.

É certo que seguir uma rotina não é fácil, entretanto, exaustão e estresse são coisas que devem ser minimizadas ao máximo para que você consiga ter um bom desempenho em suas atividades, e esse também é um ponto importante abordado na análise.

Por onde começar

Primeiramente, defina metas a serem cumpridas a longo prazo. Estas irão reger boa parte dos objetivos que você precisa alcançar, podendo ser a aprovação na residência veterinária ou qualquer outro objetivo pessoal.

Por exemplo: ser aprovado em um processo seletivo.

Tome um momento para pensar sobre seu ritmo de trabalho. Afinal, de nada irá servir este processo se você não se ater ao seu ritmo de trabalho, tendo em mente que se você não respeitar suas limitações, serão gerados estresse e exaustão.

Para definir isso, você pode calcular o tempo que você leva para desempenhar a tarefa sem estar sob pressão. Então, use o resultado obtido como referência para saber o quanto você consegue produzir em um determinado espaço de tempo.

– Confira este artigo sobre a análise SWOT para ajudá-lo a definir uma meta.

Definindo suas tarefas

Agora que você já pensou sobre suas metas e seu ritmo de trabalho, é hora de definir quais tarefas você precisa desempenhar no dia-a-dia para que seu objetivo final seja bem sucedido.

Para ter noção do que precisa ser feito, crie tópicos com todas as atividades principais, de maneira geral, que você precisa desempenhar durante a semana (é importante incluir seus momentos de lazer). Por exemplo:

Feito isso, é hora de desmembrar estes tópicos em subtópicos, definindo as tarefas específicas a serem feitas dentro de cada tópico. Por exemplo:

Obs: você pode ser ainda mais específico na discriminação das tarefas a serem organizadas.

Agora, defina quanto tempo e em quais dias da semana você vai desempenhar cada coisa. Isso você pode fazer à moda antiga, escrevendo em uma agenda, ou utilizando inúmeras ferramentas online que encontramos hoje. Uma muito boa, que possui recursos como lembretes, adição de endereços e até compartilhamento de informações é a Google Agenda.

Como no exemplo definimos que a meta principal é ser aprovado em um processo seletivo (residência), essa tarefa deve ser priorizada quando a distribuição de tempo para cada atividade for feita.

Seja detalhista e sempre mantenha sua agenda atualizada quanto a eventos não previstos anteriormente.

 

Imagem1

Dando continuidade à rotina após a análise

Após algumas semanas seguindo o cronograma que você estabeleceu, pode ser que problemas venham à tona, como por exemplo: trabalhos acumulados e cansaço excessivo. Se isso ocorrer, será necessário rever todo o processo para verificar onde está acontecendo a falha. A gestão do seu tempo de maneira correta é muito importante para o sucesso do processo como um todo.

Lembre-se: se a sua prioridade for o estudo, é nele que você deve focar. Em alguns momentos, é possível que você precise tomar algumas decisões difíceis, como deixar de rever um grupo de amigos para seguir o cronograma de sua rotina e colocar a matéria atrasada em dia.

– Caso você queira se aprofundar ainda mais, analisar fatores internos/externos e suas forças/fraquezas pessoais, clique aqui para conferir nosso artigo sobre análise SWOT.

Conclusão

O objetivo principal da análise de rotina é definir claramente os períodos de início e fim das atividades a serem desempenhas, como se fosse um mapa, facilitando a execução e permitindo a percepção eventuais falhas no processo.

Além de complementar sua organização, esse estudo também vai ajudá-lo na tomada de decisões dentro dos limites de suas prioridades.

A partir da organização de suas tarefas, você obterá resultados melhores não somente com seus estudos, mas também em suas demais atividades.

Dica: para aumentar ainda mais o seu desempenho, além da análise de rotina, é interessante que você construa um ciclo de estudos específico para isso, voltado às suas necessidades. Clique aqui para conferir algumas dicas sobre como montar um ciclo de estudos que seja funcional.

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *