Gastroenterologia veterinária: conheça mais sobre essa especialidade

É muito comum os cães possuírem algum distúrbio digestivo, é uma casuística expressiva entre os atendimentos. A gastroenterologia veterinária pesquisa meios para solucionar e controlar as alterações no trato gastrointestinal do animal, sejam elas agudas ou crônicas. Por ter inúmeras patologias, que englobam doenças periodontais, ingestão de corpos estranhos, parasitoses, viroses, alergias, bacterioses, inflamações e neoplasias, é uma área que necessita de muita investigação, normalmente feita através de exames. Através desses procedimentos é conhecido o interior dos órgãos que compõem o trato digestivo, revelando, se o cão possui apenas um mal-estar ou uma disfunção mais grave.

Diagnóstico assertivo

As principais investigações realizadas por um médico veterinário são a endoscopia e ultrassonografia. A endoscopia deve ser dominada por um especialista do ramo, ainda que seja um estudo minimamente invasivo, é feito com anestesia geral, e que permite verificar a vitalidade do trato intestinal, vias aéreas altas e baixas, trato urinário, cavidade abdominal e torácica, articulações, e recolher material para análise histopatológica, de maneira rápida e segura, priorizando o bem estar animal. Com essa técnica moderna e detalhada, e exames complementares, como hemograma, há um diagnóstico preciso, que irá direcionar uma terapia correta e eficaz.

Avanços na área

A endoscopia é dada do século XIX, mas só no final do século XX houve melhoramento nas lentes do endoscópio, facilitando a visualização dos órgãos e o diagnóstico, atualmente, ela se mostra ainda mais benéfica, auxiliando na remoção de corpos estranhos, cirurgias laparoscópicas e das articulações. Com esse exame, o veterinário cede ao animal mais conforto, durante e o exame e a recuperação, sendo esta rápida e sem mais complicações, podendo ser realizada no ambulatório. Além disso, é feita com dois tipos de endoscópios, os rígidos e os flexíveis, estes são utilizados para visualizar o trato intestinal e vias aéreas, aquele, para visualizar o reto, cavidade nasal, trato urinário, articulações, cavidade abdominal e torácica.

Alta aplicabilidade

O conhecimento dessa especialidade é significativo para todos os momentos da vida do pet, nos mais jovens há doenças causadas majoritariamente por vírus e parasitas intestinais, assim como irritações causadas por alergias ou intolerâncias ainda não conhecidas, ou adaptação de dieta. Nos adultos, em geral, é visto em maior ocorrência inflamações, neoplasias, tumores e doenças relacionadas ao fígado e  pâncreas.

 

Diante disto, cabe ao gastroenterologista lidar com diversos quadros, os quais podem acarretar em uma mudança de hábitos (tanto do paciente quanto do tutor), intervenções cirúrgicas e tratamentos vitalícios. A orientação nutricional, inclusive, faz parte dos encargos desse veterinário, assim como uso de medicamentos antidiarreicos, laxantes, protetores gástricos, antieméticos, vermífugos, antibióticos, suplementos, imunossupressores e manipular fluidoterapia.

Panorama do mercado

A consulta com esse especialista deve ser frequente mesmo que não haja doenças crônicas, uma vez que previne futuras enfermidades, um bom entendimento acerca de GE se mostra crucial para os atuantes da área, já que além de prevenir e tratar patologias gastrointestinais, pode observar colateralidade de doenças de outros órgãos, como na doença renal. Por isso, um clínico se destaca no mercado de trabalho possuindo conhecimento aprofundado em gastroenterologia, é uma área crescente que dá apoio a todas as outras.

Conheça nossos cursos sobre gastroenterologia

Products not found

Você já se imaginou como um imaginologista? Saiba mais sobre o diagnóstico por imagem veterinário!

Há muito tempo não é mais preciso adivinhar o diagnóstico apenas com manifestações externas das patologias. Graças ao diagnóstico por imagem veterinário, o médico tem amplo conhecimento do que ocorre nas cavidades dos animais consultados.

Avanços na área

A especialidade de diagnóstico por imagem tem como característica a tecnologia, essas duas áreas se complementam e co-evoluem, logo, é necessário que o veterinário esteja sempre antenado nas inovações e melhoramentos do equipamento. Assim como, é indispensável que o especialista forme parcerias com outras áreas, já que o diagnóstico de imagem deve ser solicitado por um cirurgião, clínico ou outro profissional, agregando e complementando os exames.

Uma vez que os animais não podem nos dizer se estão com dor, e onde estão sentindo incômodo, cabe ao profissional tomar as providências necessárias para descobrir, com a maior agilidade possível, porquê o paciente está desconfortável. Da mesma maneira, o médico deve usar seu bom julgamento para indicar os exames e procedimentos realmente úteis para os casos, evitando exames desnecessários e agilizando o tratamento adequado. Por isso, mais uma vez, a colaboração com outros clínicos é importante, a soma das experiências em diversas áreas apenas melhora o atendimento e a terapia.

Diagnóstico assertivo

O diagnóstico por imagem é primordial para uma correta identificação dos quadros de saúde, é uma ferramenta que auxilia na investigação de cenários de animais grandes e pequenos, domésticos e silvestres. 

Esse ramo possui uma ampla gama de exames que resumem-se em ressonância magnética, tomografia computadorizada, ecografias, endoscopias, ecocardiogramas, mielografia, ecodopplercardiograma, uso de anestesia e contraste. E os exames mais conhecidos como raio-X e ultrassom, esses procedimentos requerem, na maioria das vezes, que o paciente se mova o menos possível para uma obtenção clara das imagens, sem a necessidade de precisar repetir e causar mais incômodo ao animal.

Cuidados ao paciente e segurança do MV

Ao contrário do seu humano, é difícil manter um pet tranquilo, a viagem à clínica, uma ambiente estranho e a socialização com outras pessoas e animais já pode o deixar bem perturbado, por isso pode haver a necessidade de sedação, ainda que o processo seja rápido e específico. 

 

O médico deve ter a perícia de segurar o paciente na posição correta para uma boa imagem, mesmo em lugares pequenos e mais específicos. Quando se concerne a animais selvagens, para a preservação da equipe e do selvagem, é preciso o uso de sedativos e equipamentos de segurança (EPI’s), em particular, nos exames de radiografia. 

 

Tais intervenções precisam de mais atenção do que as outras, já que há a utilização de materiais radioativos, que mal manipulados, causam grandes males à saúde, humana e animal. Tanto, que esses profissionais têm uma carga horária diferente da habitual, trabalha-se apenas quatro horas diárias, com férias de vinte dias a cada seis meses seguidos de trabalho, portanto, 40 dias de férias por ano, usualmente o trabalhador recebe 30 dias de férias por um ano de trabalho. Além disso, quem atua diretamente com radiografia tem direito a aposentadoria especial após 25 anos de contribuição ao INSS.

Panorama do mercado

O mercado de trabalho para o diagnóstico por imagem é extenso, já que são estratégias primordiais para a identificação dos quadros e laudos. Ainda assim, há escassez de mão de obra especializada que saiba operar os equipamentos, já que requer formação e conhecimento apurado. As principais atuações são em hospitais e clínicas, podendo, com uma pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado), seguir o ramo da docência. 

Titulo de especialista

O Conselho Federal de Medicina Veterinária regulamentou no dia 06 de fevereiro a concessão de Título de Especialista em Diagnóstico por Imagem na Medicina Veterinária. A Associação de Radiologia Veterinária é a entidade habilitada para conferir a especialidade aos médicos veterinários nos próximos cinco anos.

Caso seja do interesse do médico veterinário, o mesmo deverá solicitar o título ao CRMV de seu respectivo estado. Confira em maiores detalhes clicando aqui.

Conheça nossos cursos sobre diagnóstico por imagem

Products not found

10 dicas de como se engajar estudando em EAD

1. Definir uma rotina de estudo semana
Sem a estrutura de palestras e tutoriais, permanecer motivado pode ser um desafio.

Por isso, crie uma rotina de estudo para si mesmo (por exemplo, 2
horas nas segundas e quartas-feiras à noite), isso o ajudará a ser
disciplinado e a atender às suas necessidades de estudo.

Link: https://cdn.pixabay.com/photo/2015/07/17/22/43/student-849825_960_720.jpg

Sua rotina deve corresponder aos objetivos do estudo que você deseja atingir, tanto semanal, quanto a longo prazo.

2. Crie um espaço de estudo
Você nunca vai fazer seu estudo no sofá! Em vez disso, crie um espaço de
estudo que seja livre de distrações e que seja puramente usado para
estudar.

Você pode ter um escritório ou escrivaninha em casa. Uma ótimo opção é escolher estudar em uma biblioteca ou café local.

3. Leia o seu guia de estudo
Seu guia de estudo é onde você encontrará todas as informações sobre sua unidade.
Ler isso antes de começar a estudar lhe dará uma ideia melhor sobre o que esperar e como estruturar seu tempo de estudo.

4. Consulte seu tutor
O segredo para obter o máximo do seu tutor de educação à distância é se comunicar e interagir com ele o máximo possível.
Se você está lutando com um determinado tópico ou não entende as leituras, é recomendável contatar seu tutor.
Lembre-se, seus tutores estão lá para ajudá-lo a aprender – use-os! Por
isso, é muito importante que você busque cursos que disponibilizem
tutores para o esclarecimento de suas dúvidas

5. Gerenciar seus prazos
Definir e gerenciar prazos é crucial para qualquer estudante de educação a distância.
Estabeleça prazos para se certificar de que você complete todas as tarefas do curso de maneira correta e no prazo proposto.

Encontre uma maneira de gerenciar seus prazos, usando um calendário, um planejador de parede ou um diário on-line.

Link: https://cdn.pixabay.com/photo/2015/07/17/22/43/student-849822_960_720.jpg

6. Participe de discussões em grupo
Muitos cursos à distância mantêm fóruns de grupo ou tutoriais online
para complementar a aprendizagem. Para alguns cursos, esses tutoriais
também podem ser realizados no campus, uma ou duas vezes por semestre.

Faça um esforço para participar dessas discussões o máximo possível. É
uma ótima maneira de aumentar seu aprendizado, compartilhando ideias e
se conectando com outras pessoas.

7. Conheça seus colegas estudantes de educação a distância
Dependendo do seu curso, também pode ser possível trocar comunicações
com outros alunos de educação à distância fora dos grupos de discussão.
Por exemplo, via e-mail, Skype, telefone.

Esta pode ser uma ótima maneira de fazer novos amigos. Conversar
confidencialmente sobre a unidade, estudar e / ou aprender à distância
em geral. Você pode até encontrar um amigo de estudo!

8. Faça pausas

Você estuda bastante por 25 minutos sem distrações e depois leva 5
minutos para se refrescar e alongar. Essa técnica tende a resultar na
obtenção de melhores resultados.

Essa é uma forma de fazer seu tempo valer a pena enquanto esta
estudando. Não adianta você passar duas horas lendo alguns textos e não
absorver nada, não é mesmo?

9. Controlar a procrastinaçãoComo estudante de ensino à distância, você provavelmente estuda
junto com outros compromissos. Você pode ter um emprego, criar uma
família ou ambos!

Link: https://cdn.pixabay.com/photo/2016/02/07/21/03/computer-1185626_960_720.jpg

Isso significa que você não tem tempo para procrastinar. Nesse caso, o foco no objetivo será seu melhor amigo.

10. Peça ajuda em casa

Haverá momentos em que seu ritmo de estudos terá que ser maior, por exemplo na semana de provas.

Converse com seus pais, esposa ou esposo para ajudar você em algumas
tarefas que sejam suas! Peça para alguém fazer a janta em um dia na
semana para que você tenha pelo menos mais uma hora para estudar para
sua prova.

Como estudar em EAD pode impactar positivamente seu currículo e carreira

O ensino a distância continua a ser uma opção de estudo popular e continua a ser a principal alternativa se você quiser continuar sua educação sem ter que passar pelo convencional aprendizado em sala de aula.

Link: https://cdn.pixabay.com/photo/2016/02/07/21/11/computer-1185637_960_720.jpg

Cursos on-line, sem dúvida, oferecem muita liberdade e flexibilidade. Se você está considerando, é provável que você já tenha um emprego ou outros compromissos dos quais não quer desistir, ao mesmo tempo em que busca melhorar sua educação.

E isso está perfeitamente entendível. É para isso que os programas online são, afinal.

Eis por que a educação on-line pode ser uma mudança de jogo para você. Você começa a estudar no seu próprio ritmo e revisa as aulas sempre que quiser.

Você pode escolher os módulos e tópicos nos quais deseja se concentrar. Você consegue economizar tempo e dinheiro.

Uma ampla gama de escolhas
A educação on-line está disponível para uma ampla variedade de tipos de cursos. Você pode seguir apenas um curso on-line, fazer um treinamento vocacional e de habilidades ou cursar programas completos de bacharelado e mestrado.

E você pode fazê-lo em universidades exclusivamente on-line e em instituições de prestígio estabelecidas que introduziram cursos online.

 

Como estudar em EAD pode impactar positivamente seu currículo e carreira?

Sabemos que ao longo da nossa graduação o tempo é muito corrido e na maioria das vezes não sobra tempo nem mesmo para que possamos curtir um final de semana.

Mas afinal de contas, como os estudos EAD podem impactar de forma positiva em sua carreira?

A resposta é simples, os cursos EAD servirão como forma complementar para o seu currículo, uma vez que quando você terminar a sua graduação não terá apenas a sua graduação mas também os cursos complementares para colocar em seu currículo.

Essa é uma forma de agradar o empregador na hora de buscar emprego no mercado de trabalho, fazendo com que você tenha mais chances de ser contratado(a).

Link: https://cdn.pixabay.com/photo/2016/10/06/03/30/man-1718099_960_720.jpg

Os benefícios do ensino em EAD

 

Muita flexibilidade

Com cursos de ensino à distância, os alunos podem concluir seu trabalho em qualquer lugar, desde que haja um computador e uma conexão com a Internet.

Isso permite que os alunos trabalhem quando e onde for mais conveniente para eles, sem ter que espremer classes programadas para uma vida já ocupada.

Sem transporte

Fazer um curso on-line pode ser uma maneira de reduzir custos com gasolina ou transporte público. Como os alunos muitas vezes podem trabalhar em casa para concluir suas tarefas, o tempo e o dinheiro são poupados para cortar as viagens de ida e volta para a aula.

Numerosas escolhas para escolas

Mesmo se você mora em uma comunidade com pouca ou nenhuma faculdade, o ensino a distância permite que você escolha entre uma grande variedade de escolas para completar sua educação.

Link: https://cdn.pixabay.com/photo/2015/07/17/22/42/startup-849805_960_720.jpg

Você pode encontrar escolas on-line que se especializam em seu campo específico ou que podem oferecer uma excelente educação geral. De qualquer maneira, suas opções de educação serão grandemente expandidas.

Custos reduzidos

Os preços dos cursos on-line são geralmente mais baratos do que os de seus colegas no campus e você não precisa se preocupar com viagens, mudanças ou planos de refeições no campus.

EAD: uma nova forma de preparação para concursos públicos

Com o advento da internet, uma das formas mais usadas por candidatos à concursos públicos para estudar é assistir a videoaulas de cursos online. Entre as vantagens dessa modalidade de ensino estão os custos menores do que um curso convencional, economia de tempo, já que o aluno não precisa se deslocar para outro local e, principalmente, acesso a aulas ministradas por bons professores de outras cidades.

Veja algumas vantagens:

  • Costumam ser mais baratas que os cursos presenciais.
  • Não exigem que você saia de sua casa para estudar.
  • Podem ser acessadas a qualquer hora ou dia, de acordo com o seu cronograma de estudos.
  • Geralmente você não perde aulas caso tenha compromissos no dia/hora do curso.
  • Basta ter um computador conectado à internet para acessar o conteúdo.

Apesar disso, é preciso tomar alguns cuidados. O primeiro aspecto é a concentração. Concentrar-se significa valorizar alguns estímulos em detrimento de outros.

Ao assistir uma aula na web, você tem um mundo aberto a você. Não abra sites paralelos ao portal de estudos. Porém, nenhuma outra dica é mais valiosa que o controle ao telefone celular, esse grande responsável pela distração em nossa época. Notificações de aplicativos como o WhatsApp, ligações e até aquela mania de olhar quem curtiu sua foto no Instagram são bastante prejudiciais quando você está tentando focar em algo. Se puder, desligue o seu celular e deixe-o bem longe de você.

Outro cuidado importante consiste na autogestão: aja como se estivesse fazendo um curso presencial. Nesse sentido, é muito importante que você faça um cronograma com dias e horários fixos para assistir suas videoaulas. Não espere a vontade de assistir aula aparecer para estudar. Comece a estudar independentemente do que estiver sentindo, e você se transportará para a sensação de produtividade e dever cumprido. Use fones de ouvido e se isole do mundo exterior, prestando mais atenção à aula.

Ter um roteiro impresso da aula é muito importante, para que você possa acompanhar e fazer anotações para posterior consulta.

Aproveite a possibilidade atual de se preparar de forma on-line. Com dedicação e disciplina, os cursos em sistema EAD vão te auxiliar grandemente a atingir seu objetivo!